Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Comportamento Semanal de Mercado | 06 a 13 de abril de 2018

Reprecificando os riscos
 
O IPCA de março abaixo do esperado e os indicadores de atividade interna (IBC-Br, PMC e PMS) não tão favoráveis reforçam o entendimento de que a taxa Selic meta deverá permanecer em níveis mínimos por um longo período, com reflexo na queda da taxa real de juros ex-ante, que fechou em 2,21% a.a.. O humor externo mostrou-se ameaçado por questões geopolíticas, com impactos diretos nos mercados de risco. O preço do petróleo aumentou 6,2% na semana, cotado a US$ 72,58. O dólar apreciou-se em relação às moedas de países emergentes. Contudo, o real apresentou o pior desempenho dentre seus pares. Em relação à moeda brasileira, a divisa norte-americana fechou cotada a R$ 3,42, o que representou uma alta de 2,3% na semana. Além da diminuição do diferencial das taxas de juros, do custo do hedge cambial e do estoque de swaps cambiais, há indícios de que o mercado começa a precificar o quadro eleitoral. Finalmente, o BC declarou a possibilidade de atuação para conter a volatilidade.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390