Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Comportamento Semanal de Mercado - 23 de fevereiro a 02 de março de 2018

Consumo decepciona
 
Após dois anos de retração, o PIB fechou 2017 com uma alta de 1,0%. Porém, a série dessazonalizada no 4T17 teve uma modesta elevação trimestral de 0,1% em relação ao 3T17. O destaque positivo refere-se novamente aos investimentos, com dois crescimentos expressivos consecutivos. O preocupante é o possível impacto negativo da perda de dinamismo no comportamento do consumo das famílias. A redução da taxa de juros e o aquecimento do mercado de trabalho mitigariam esse risco. Com a recuperação ainda lenta e as surpresas nos índices de inflação, a taxa real de juros ex-ante ficou em 2,49% a.a., uma queda de 0,07 p.p. na semana. Os dados do Caged mostraram a criação líquida de 78 mil empregos formais em janeiro, mas a taxa de desemprego aumentou 0,4 p.p. no mês, totalizando 12,1%, segundo a Pnad Contínua do trimestre findo em janeiro. Mesmo com a retração do déficit primário acumulado em 12 meses para R$ 100,4 bilhões em janeiro, a dívida pública manteve-se em alta, com a dívida líquida do setor público fechando em 51,8% do PIB e a bruta do governo geral em 74,5%. Por fim, o déficit em transações correntes acumulado em 12 meses teve uma forte queda de 62,3%, para US$ 9,0 bilhões.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.
 

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390