Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Endividamento das Famílias

Lenta evolução do consumo e do crédito
 
É inegável que elevados níveis de endividamento, em um contexto de alto nível de desemprego e um cenário repleto de incertezas, têm impacto relevante na propensão a consumir e investir. Embora haja a emissão de sinais do PIB de que o processo recessivo esteja finalizado, nada mais que oportuno descrever as tendências de curto prazo das variáveis que compõem a situação financeira das famílias. Apesar do endividamento ainda se encontrar elevado em termos históricos, o nível é baixo em relação ao verificado internacionalmente. A grande preocupação refere-se ao alto comprometimento da renda com encargos da dívida, apesar dos indícios de uma queda mais consistente, nos últimos cinco anos, o indicador oscila próximo da faixa de 22%, considerado ainda um patamar elevado em padrões internacionais.
 
O índice de estresse financeiro encontra-se relativamente estável desde 2015, quando o quadro econômico já era bem adverso, reduzindo as chances de uma mudança mais significativa no curto prazo dos padrões de consumo. Esse cenário é agravado pelo indicador de emprego atual. Há fortes indícios de que a recuperação do consumo tenha sido fortemente impulsionada por um evento não recorrente (saque das contas inativas do FGTS). A retomada das concessões de empréstimos para PF também contribuíram como apontam os indicadores do volume de vendas no varejo de bens mais sensíveis ao mercado de crédito.
 
Finalizando, embora a queda da taxa básica de juros e da inflação sejam favoráveis para o reequilíbrio dos orçamentos das famílias, o elemento mais importante para o consumo está relacionado à redução da incerteza motivada por uma recuperação menos tímida nos indicadores no mercado de trabalho com implicações positivas na taxa média de inadimplência e, consequentemente, no spread bancário.  Na ausência de outros vetores para promoção do crescimento, como o setor externo e os investimentos, é necessário que se observe cuidadosamente a lenta evolução do consumo e do crédito para as famílias.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390