Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Comportamento Semanal de Mercado - 25 de agosto a 01 de setembro de 2016

Consumo impulsiona o PIB do 2T17
 
Na semana, houve uma diminuição da aversão ao risco, com o prêmio do CDS para a economia brasileira caindo quatro pontos, para 193 pts.. O dólar se depreciou para R$ 3,14. A divulgação do PIB dos EUA no 2T17, com uma alta anualizada de 3,0%, compensou os dados mais fracos de geração de empregos e a inflação abaixo da esperada. A dinâmica inflacionária ajudou na queda de 0,09 p.p. na taxa real de juros ex-ante para 3,11% a.a.. Por outro lado, o PIB do 2T17 teve um crescimento de 0,2%, na série com ajuste sazonal. O resultado positivo foi baseado nas altas de 0,6% no setor de serviços, do lado da oferta, e de 1,4% no consumo, do lado da demanda. O indicador mais negativo refere-se aos investimentos, cuja taxa de participação no PIB foi reduzida em 4,3 p.p. nos últimos dois anos. Os efeitos não recorrentes dos resgates das contas inativas do FGTS contribuíram para a recuperação. Porém, a atividade industrial será restringida pela elevada capacidade ociosa e o alto endividamento das empresas. A taxa de desemprego reduziu-se para 12,8%, com um forte aumento do contingente sem carteira assinada. O déficit primário em julho totalizou R$ 170,5 bilhões em 12 meses, acima da meta estipulada de R$ 159,0 bilhões.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390