Você está em: Assessoria Econômica > ABBC Destaca

Assessoria Econômica

ABBC Destaca

Endividamento das Famílias

Comprometimento da renda das famílias em alta
 
Em março, o endividamento total das famílias em relação à renda acumulada em 12 meses permaneceu em 41,9%. Apesar da sua redução nos últimos meses, o comprometimento de renda das famílias mostrou alta de 0,4 p.p., tanto no mês quanto em 2017. Mesmo com o ciclo de corte da taxa básica de juros, a participação dos juros nesse indicador exibe um avanço de 0,3 p.p. no ano. Embora, os empréstimos para famílias esbocem alguns sinais positivos, o forte crescimento da taxa de desemprego e a manutenção de níveis elevados de comprometimento funcionam como importantes limitadores para a retomada do consumo das famílias via crédito. O mercado de crédito torna-se mais restritivo em razão do impacto negativo do risco de inadimplência nas condições de oferta de crédito, a despeito da efetivação da flexibilização da política monetária. A desalavancagem também é verificada em pesquisa da CNC que mostra aumento mensal de 1,4 p.p. na parcela de famílias que declaram não ter dívida. A Intenção de Consumo das Famílias, também medida pela CNC, registrou queda de 0,2% na avaliação mensal. O índice total se encontra em nível bem inferior a 100, o que indica uma percepção de insatisfação com a situação atual para o consumo.
 
Para ler na íntegra, clique aqui.

Endereço:
Av. Paulista, 949 - 6º andar
Bela Vista - CEP: 01311-100
São Paulo - SP
Telefone: (5511) 3288-1688
Fax: (5511) 3288-3390